domingo, 14 de outubro de 2018

Qual a forma correta de escrita: Chi Kung ou Qi Gong?

Olá caros leitores!
Uma dúvida frequente e que confunde, as vezes, quem procura por informações e pesquisas referentes ao que vem a ser Chi Kung é que em grande parte de artigos, textos, vídeos e outras formas de informação, percebemos que estão divididas entre as palavras Chi Kung ou Qi Gong. 

Na verdade significam o mesmo e a diferença reside no fato básico da origem da palavra que cruzou o oceano e chegou ao nosso Continente. 
Escrever a forma certa da pronúncia gera dificuldade, pois transforma um som em uma palavra que não existe na língua portuguesa e é justamente isto o que aconteceu neste caso. A pronúncia certa formada em palavras seria Tchi, como um espirro suave. Palavra que não existe em nossa língua. Podemos perceber aqui inclusive, que em algumas literaturas esta escrita aparece também como Tchi, logo temos aqui três e não duas formas de descrevê-la: Qi, Chi e ou
 Tchi. 
A escrita Kung ou Gong também sofreu o mesmo processo. Escreve-se conforme a  pronúncia da palavra. Interessante aqui é que o Chi Kung, escrita e pronúncia ocidental são recentes no Brasil, mas uma técnica de arte marcial mais popularizada que chegou antes, sofrendo o mesmo processo foi o Kung Fu.

Qual o significado de Chi Kung?
Qi Gong cruzou os mares com uma tradução incorreta, principalmente porque para os ocidentais a filosofia oriental era muito vaga e imaterial. O simples fato de transformar exercícios físicos ou uma prática de movimentos com o sentido e objetivo de Acalmar a Mente e fortalecer os Órgãos e Vísceras com: visualização de imagens, sons e pensamentos para levar o fluxo de energia a todas as partes do corpo, não era aceita e reconhecidas e muito difícil de entender pelas mentes ocidentais, pois tudo precisavam de uma forma material de comprovação, além de parecer pratica de bruxaria ou coisa de índio. O que acontece até hoje: o reconhecimento de uma teoria só é aceita no meio acadêmico com sua devida comprovação científica. Concordo com este processo em parte, pois é claro que isto é relevante e de fundamental importância, mas existem algumas teorias, atitudes, práticas... aos quais ainda não temos instrumentos adequados para medir, mensurar, quantificar... mas que dezenas de milhares de pessoas no mundo todo, tem seus benefícios e por isso mesmo realizam algum tipo de técnica ou praticam. 
O significado mais antigo de Qi está contido nos conceitos da Medicina Tradicional Chinesa (MTC) que têm como base as teorias do Yin / Yang, os Cinco Movimentos e o Taoismo. O Ar que respiramos é o Qi ou Energia que em sua tradução para o ocidente, na visão dos catedráticos teve uma interpretação muito vaga e difícil de entender. Vejam bem, se nos dias de hoje ainda é difícil, imaginem na época. Mudaram então sua tradução original para uma forma mais fácil de compreendê-la, algo mais concreto: Energia. De fato, tem tudo a ver com o objetivo da prática dos movimentos do Chi Kung, pois uma de suas funções é aumentar e fortalecer nossa saúde ou energia. 
Mencionei aqui uma e não o único significado de Qi. O livro ou tratado mais antigo, preservado e respeitado para o estudo da acupuntura e da Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é o Livro do Imperador Amarelo (Huan Ti Nei Su Wen), onde em uma de suas conversas o Imperador questiona o mestre a respeito justamente deste tema e em uma de suas interpretações o mestre explica que extraímos da matéria a fonte para nossa força e viver plenamente, é através da forma como o arroz é processado e transformado em alimento para seu consumo. Temos aqui o caldeirão, o arroz e o fogo, ao ferver o arroz é produzido o vapor da água, este vapor seria o Qi. Em todo o processo a energia está presente, mas o que é mais valorizado pelo oriental e insignificante ao ocidental é o vapor. O vapor da água (Yang) queimada pelo fogo, movimento e energia (Kung) para transformar o arroz (Yin) em alimento comestível. O Qi é então o ar que inalamos e exalamos.
Interessante esta forma de pensamento, não!  Valorizar o que não é concreto, material...
E assim o é para toda a teoria oriental, o valor mais importante não está no bem material, mas nos verdadeiros valores do ser humano: força, garra, respeito, atitude, honra... 
Pois é, como esta filosofia é muito antiga, cerca de 5.000 anos e suas raízes, forma original de pensamento, foram preservadas e traduzidas do livro citado anteriormente, suas traduções e interpretações sofreram mudanças.
Kung ou Gong para o oriental significa trabalho, a tradução para o ocidente foi treinamento, o que não deixa de ter relação direta, mas na essência a tradução ao pé da letra de Qi Gong é: Trabalhar o ar que inalamos e exalamos. 
Claro que para o ocidental fica mais fácil entender: Treinar a Energia.
Então, agora conseguimos interpretar e entender o motivo da prática focar e dar tanta importância a respiração ao realizar os movimentos e posturas: O nosso corpo (caldeirão) ao alimento que consumimos (Yin) e a prática dos movimentos (Fogo) gera o que buscamos (Qi / Repiração / Ar) ENERGIA para uma vida longa e saudável.
Portanto a forma correta é Qi Gong, mas é aceitável escrever-se Chi Kung.
Que seu Qi, flua livre e suave!
Texto: Wagner Lucca - praticante de Qi Gong

Aulas de Chi Kung / Qi Gong
Segundas / Quartas / Sextas - 9h às 10h
Prof. Valtesil Oliveira
Venha praticar uma aula experimental
Informações: (11) 2967-0598 ou 3926-0599
Rua Dias da Silva, 1158 - Vila Maria - SP
Visite nosso site: Instituto TAO - click aqui



quarta-feira, 21 de março de 2018

Estresse relacionado ao Universo Feminino

A terapeuta acupunturista Luciene Diniz fala aqui sobre as implicações de uma vida de compromissos e responsabilidades da mulher somando-se ao ciclo menstrual (TPM) os quais potencializam os malefícios do estresse e as possibilidades de tratamento.







Instituto TAO
Equilíbrio para você!
F: (11)2967-0598 ou 3926-0599
www.institutotao.com.br
Rua Dias da Silva, 1158 - Vila Maria - SP

sexta-feira, 9 de março de 2018

Estresse na visão da MTC e o conceito Yin / Yang

O terapeuta acupunturista Wagner Lucca fala um pouco a respeito do conceito das energias Yin / Yang e o Estresse.







Instituto TAO

Equilíbrio para você!

F: (11)2967-0598 ou 3926-0599

www.institutotao.com.br

Rua Dias da Silva, 1158 - Vila Maria - SP

sábado, 3 de março de 2018

Estresse! Como funciona e os efeitos em nosso organismo.





A acupunturista Luciene Diniz, fala um pouco dos estímulos positivos e negativos, conceitos e fisiologia da saúde à doença.
F: (11)2967-0598 ou 3926-0599
Rua Dias da Silva, 1158 - Vila Maria - SP
Instituto TAO
Equilíbrio para você!


Nosso site: INSTITUTO TAO - click no link

domingo, 25 de fevereiro de 2018

O que é Apong?

Resultado de imagem para apong koryo sooji chim

Os apongs são minúsculas estruturas feitas de alumínio (ions positivos), substituem agulhas de acupuntura, causando efeitos sob as células da pele, equilibrando assim os íons do corpo, tendo também efeito de eletro-magnetização que estimulam a circulação sanguínea quando colocados sob a pele com auxilio de fita adesiva micropore nos pontos de acupuntura. 
Portanto atuam na esfera da circulação energética dos pontos de acupuntura.

Existem apongs prateados para dispersar o excesso de energia, dourados para tonificá-los e de cobre considerados neutros para harmonizar o ponto. 

São materiais que eram utilizados especificamente pela prática da acupuntura Coreana nas mãos (Koryo Sooji Chim) e hoje é mais um recurso também para estimular pontos de acupuntura como apoio a outras técnicas.

Usado principalmente em pessoas que tem receio as agulhas ou alérgicas ao metal.
Não há restrição quanto ao seu uso e a idade da pessoa que irá ser tratada com eles. 
É indolor, recomendado principalmente para crianças.
Aplicado nas mãos, orelha ou qualquer outra parte do corpo, conforme a necessidade. Podem ser utilizados somente os estímulos com apongs ou em conjunto com outras terapias como sementes, agulhas, moxabustão, ventosas, stipers...

Tratamentos


Psicológicos – Ansiedade, Insônia; Imunológicos – Alergias em geral, Sinusite, Rinites; Ortopédicos - Tendinites, Lombalgias, distensões musculares; Ginecológico – Cólicas; Enurese (xixi na cama); Oncológico – Náuseas; Diversos – Dores de cabeça, Tabagismo, Síndrome de Raynaud, Azia, Gastrite e Refluxo, Cólica Estomacal, Cólica Intestinal;. Pulmonares - Sinusite; Asma, Resfriandos...

   



Aulas de Chi Kung / Qi Gong
Segundas/Quartas/Sextas - 9h às 10h / 18:30h às 19:30h
Venha fazer uma aula experimental (sem compromisso)
Informações: (11) 2967-0598 ou 3926-0599
Rua Dias da Silva, 1158 - Vila Maria - SP
Visite nosso site: INSTITUTO TAO - click aqui

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Alimentação na Medicina Oriental





Ciclo de orientações terapêuticas:
Alimentação / Atividade Física / Gerenciamento do estresse e Autoconhecimento.
A acupunturista Luciene Diniz fala sobre o processo mental na ingestão dos alimentos segundo as Medicinas Orientais.
F: (11)2967-0598 ou 3926-0599
www.institutotao.com.br
Rua Dias da Silva, 1158 - Vila Maria - SP
Instituto TAO
Equilíbrio para você!

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Apresentação do novo: Ciclo de orientações terapêuticas TAO





Acompanhe agora nossos terapeutas no novo:


Ciclo de orientações terapêuticas TAOAjudando você com informações pertinentes sobre saúde física, mental e energéticaF: (11)2967-0598 ou 3926-0599www.institutotao.com.brRua Dias da Silva, 1158 - Vila Maria - SPInstituto TAOEquilíbrio para você!